Crédito imobiliário cresceu 78% no 1º bimestre

12
Março / 2021

Crédito imobiliário cresceu 78% no 1º bimestre

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta quinta-feira (11) que o crédito imobiliário efetivo cresceu 78% nos primeiros dois meses de 2021, em comparação a igual período do ano passado. A carteira de crédito para o segmento, ele disse, deve chegar a R$ 130 bilhões neste ano, acima dos R$ 116 bilhões de 2020, que já havia sido recorde.

"Isso reforça que, na Caixa, não faltará crédito imobiliário no mercado, nem de perto, como não faltou no ano passado", disse o executivo, em discurso feito durante abertura de evento da Abrainc, associação de incorporadoras.

Guimarães informou ainda que o crédito imobiliário corrigido pela poupança, lançado há 10 dias pelo banco, já representa 30% das cotações, com uma redução do crédito corrigido pelo IPCA. "Basicamente estamos com 60% na TR, 30% de poupança e 10% no IPCA", detalhou.

 

O presidente afirmou também que a Caixa cresceu 200% em crédito imobiliário para pessoa jurídica, com empréstimos de cerca de R$ 1 bilhão, e destacou que este mês deve fechar com R$ 3 bilhões. "Ou seja, três vezes mais que a média do ano passado", disse.

 

"Se houver piora sensível, estaremos abertos para fazer todas as medidas necessárias para manter o segmento, que é segmento vital no Brasil, intensivo em mão de obra", comentou o presidente da Caixa.

 

Em relação ao programa Casa Verde Amarela, antigo Minha Casa Minha Vida, Guimarães disse que o banco tem discutido fazer o financiamento via digital, por meio do banco digital da Caixa, criado durante a pandemia, para distribuir o auxílio emergencial.

Saiba mais: Crédito imobiliário cresceu 78% no 1º bimestre de 2021, diz Caixa - Notícias - R7 Economia